O primeiro passo, a ideia, é quando se define que tipo de aplicativo será desenvolvido, se terá uma interface mais ou menos dinâmica, qual o objetivo: se apenas mostrar informações ou se ser mais interativo.Já falamos sobre a importância do aplicativo para empresas como ponte entre ela e o cliente. Vamos ver agora como é o processo de desenvolvimento desse aplicativo para que ele toma forma e conquiste ainda mais por você.Há, para que ele seja desenvolvido, quatro passos principais, que são a ideia, o layout, o design e a publicação. O primeiro passo, a ideia, é quando se define que tipo de aplicativo será desenvolvido, se terá uma interface mais ou menos dinâmica, qual o objetivo: se apenas mostrar informações ou se ser mais interativo. Colocar mapas, área de contato, vouchers de desconto e até um jogo simples são com certeza atrativos para o usuário e devem ser levados em consideração no momento da definição da ideia. Muitos acabam ficando com um pé atrás nesse momento e acreditam que um aplicativo com muitas funcionalidades será mais caro; mas esquecem que quanto mais atrativo ele for para o cliente, mais downloads e mais interessados terá; o que trará um retorno mais rápido.Após definida a ideia, é chegado o momento de desenhar o layout. Para que esse seja satisfatório, é preciso um pouco de investimento pessoal no sentido de realmente desenhar como ele deve ser, como cada página deve interagir, qual deve ser a experiência do usuário: se apertar esse botão o que irá acontecer? Se ativar notificações por push elas aparecerão como? Só assim ele poderá ser um app que funciona, e não apenas mais uma “carinha bonita”. Após o layout definido, entram em cena os desenvolvedores do design. Aí que entrarão os gráficos, as imagens, como elas devem aparecer e interagir. Por isso a importância de ter tanto a ideia como o design bem definidos: para que tomem forma de maneira tranquila e funcional.Passos completos, é chegado o momento mais esperado, que é o app tomar vida, ou seja, ele deve ser conectado à app store, o que ocorre mediante uma anuidade e também o preenchimento das informações necessárias, tanto técnicas como descrição do aplicativo, o que ele faz, etc. Uma vez o aplicativo no ar, é possível que se monitore todas as estatísticas, como quantos downloads, quanto dinheiro se está ganhando, se ela é uma das top da loja, etc, sendo possível entender se ela funciona ou não, e se devem ou não ser feitas modificacões. Nesse momento também que deve se ficar atento para eventuais bugs, que podem ser facilmente resolvidos com o desenvolvimento de novas versões.O importante é acompanhar todo o desenvolvimento, e dar ideias claras do que se deseja, dando exemplos e explicando tanto as características da empresa quanto dos clientes para que essa interação seja ainda mais eficiente.’,’O Processo de Desenvolvimento de um Aplicativo para Empresas